Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O que não mata, engorda e transforma-te num maratonista

Em novembro de 2016 era obeso. Depois comecei a correr, eduquei a minha alimentação e tornei-me maratonista. Mais tarde, tornei-me pai. Correr é uma das minhas paixões. Ser pai é outra. Corro todos os dias.

Em novembro de 2016 era obeso. Depois comecei a correr, eduquei a minha alimentação e tornei-me maratonista. Mais tarde, tornei-me pai. Correr é uma das minhas paixões. Ser pai é outra. Corro todos os dias.

O que não mata, engorda e transforma-te num maratonista

23
Jun20

O primeiro a correr com a Covid-19


João Silva

Arrancamos esta nova rubrica com um testemunho do André Santos.

Tal como queria, as respostas foram sinceras e frontais. Ainda assim, para efeitos de "legibilidade", não poderei reproduzir na íntegra o termos usados por ele.

Foi o próprio que me deu "autorização" para suavizar o golpe. Ou seja, o texto:

André.jpg

De que forma a Covid-19 afetou os teus treinos?

A Covid veio dar cabo de tudo. Nunca corri muito, nunca fui rápido nem nunca liguei muito.

Nos primeiros tempos evitei correr de todo, não havia grandes certezas. Houve receio, medo de sair. Experimentei correr no pátio cá de casa. Aguentei 60 minutos. Fui intervalando com a bicicleta elítica. Ainda durante o confinamento, madruguei e fiz alguns quilómetros. Uns 8, coisa pouca. E também o fiz poucas vezes, o que levou o meu peso a aumentar aumentou 3 kg...ou mais.

 

Como e quando passaste a treinar após o desconfinamento?

Agora após desconfinamento...Espera isso já aconteceu...?

Aqui ainda estou/estamos em modo. O trabalho é muito e a criança está em teleescola/aulas assistida. A minha "Maria" também está a trabalhar em casa, umas 10 horas por dia...ou mais. Juntamos a isso, compras e muitas outras coisas...e eu não me queixo, certamente, há gente com casos bem piores, mas correr tem sido difícil. Resume-se a 3 vezes por semana, normalmente de madrugada.

Ainda há dias acordei às 5 e qualquer coisa da manhã e eram 6 horas estava na rua a correr. 12 km...não foi mau...O tempo e os quiómetros são o que menos me importa. Para mim o importante é ir. Tenho saudades da serra, do convívio, de tentar não ficar em último. 

Acho que na próxima prova quero ficar em último, primeiro a chegar, último a sair...:-)

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Redes sociais

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub