Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O que não mata, engorda e transforma-te num maratonista

Em novembro de 2016 era obeso. Depois comecei a correr, eduquei a minha alimentação e tornei-me maratonista. Mais tarde, tornei-me pai. Correr é uma das minhas paixões. Ser pai é outra. Corro todos os dias.

Em novembro de 2016 era obeso. Depois comecei a correr, eduquei a minha alimentação e tornei-me maratonista. Mais tarde, tornei-me pai. Correr é uma das minhas paixões. Ser pai é outra. Corro todos os dias.

O que não mata, engorda e transforma-te num maratonista

11
Out20

Passar da marca e deixar o "bicho" pegar


João Silva

Screenshot_20200901_075649_com.geonaute.geonaute.j

 

Cerca de 5 meses depois, voltei a correr 2h30.
É verdade que já foi em agosto, mas foi daqueles momentos em que sentimos a mudança.
Estava no arranque da preparação para a maratona de treino que queria fazer em setembro e foi aquela sacudidela nos treinos que fez o corpo perceber que estava pronto para novos desafios.
As sessões até então tinham sido sempre de 2h00 diárias e por muito que isso pareça absurdo, o corpo habituou-se a não sair desse modo.
O esticão até às 2h30 despertou novas sensações e dores, que serviram para dar o impulso final até aos 42 km de setembro.

Screenshot_20200901_075700_com.geonaute.geonaute.j

 

8 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Redes sociais

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub