Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O que não mata, engorda e transforma-te num maratonista

Em 2016 era obeso, hoje sou maratonista (6 oficiais e quase 20 meias-maratonas). A viagem segue agora com muita dedicação, meditação, foco e crença na partilha das histórias e do conhecimeto na corrida.

Em 2016 era obeso, hoje sou maratonista (6 oficiais e quase 20 meias-maratonas). A viagem segue agora com muita dedicação, meditação, foco e crença na partilha das histórias e do conhecimeto na corrida.

O que não mata, engorda e transforma-te num maratonista

Redes sociais

Palmarés da minha vida

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Baú de corridas no blogue

Em destaque no SAPO Blogs
pub
15
Jul19

O tempo dos treinos conta para quê?


João Silva

IMG_20190613_104603.jpg

Bater o nosso recorde pessoal num treino deve contar o mesmo que um recorde pessoal batido numa prova?

Se sim, porquê? Se não, porquê?

Todos nós nos guiamos pelos resultados das provas e olhamos para os tempos nos treinos como um mero indicador de evolução positiva ou negativa. Mas, ainda assim, deixo a pergunta: o que confere à prova o direito de nos "dizer" que aquele tempo é que conta?

Bem sei que os treinos não têm o cariz motivacional nem competitivo de uma prova. Contudo, se consigo o meu melhor tempo num treino em que não tenho "adversário", esse elemento devria conceder-lhe o direito de ser designado como "recorde pessoal". Pelo menos, vejo a coisa dessa forma. Vocês não?

Sigo os seguintes lemas (quase à letra): a prova é o reflexo do treino e compito como treino. Desse ponto de vista, não acredito que consiga derrubar um RP se não treinar bem, mas o contrário é perfeitamente possível.

Não quero mudar as regras do jogo e nem isso me preocupa minimamente. Até agora, nunca consegui um resultado pessoal melhor num treino do que numa prova.

Porém, esta reflexão visa apenas mostrar que não temos de seguir obstinadamente determinadas ideias. Correr (desesperadamente) por um RP numa prova quando este já foi alcançado no treino pode não ser a melhor forma de encarar este desporto. Reitero aquilo que defendo: correr não são números. Correr e ser corredor é uma forma de vida, é uma paixão difícil de explicar.

IMG_20190613_113448_453.jpg

 

4 comentários

Comentar post

Redes sociais

Palmarés da minha vida

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Baú de corridas no blogue

Em destaque no SAPO Blogs
pub