Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O que não mata, engorda e transforma-te num maratonista

Em novembro de 2016 era obeso. Depois comecei a correr, eduquei a minha alimentação e tornei-me maratonista. Mais tarde, tornei-me pai. Correr é uma das minhas paixões. Ser pai é outra. Corro todos os dias.

Em novembro de 2016 era obeso. Depois comecei a correr, eduquei a minha alimentação e tornei-me maratonista. Mais tarde, tornei-me pai. Correr é uma das minhas paixões. Ser pai é outra. Corro todos os dias.

O que não mata, engorda e transforma-te num maratonista

06
Mai21

O maluquinho dos braços abertos


João Silva

Já viram aquela cena típica de filme em que alguém levanta os braços ou fecha os olhos de cada vez que se sente feliz ou grato por algo?

IMG_20190627_153254.jpg

Confesso: faço muitas vezes isso. 

É uma forma de sentir a natureza que me rodeia a tocar no meu corpo, sou eu a sentir-me grato por poder correr, por poder respirar e ter nos olhos aquelas belas paisagens. Seja dia, seja noite. Faça chuva, sol ou céu estrelado ou nublado. 

Bem sei que parece lamechas. Para quem vê de fora, ao longe, sou só o maluquinho dos braços abertos. Mas sou um maluquinho tão feliz naquele instante. Uma espécie de criança num corpo de adulto!

E quanto mais envelheço, mais abro os braços! 

14 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Redes sociais

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub