Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O que não mata, engorda e transforma-te num maratonista

Em novembro de 2016 era obeso. Depois comecei a correr, eduquei a minha alimentação e tornei-me maratonista. Mais tarde, tornei-me pai. Correr é uma das minhas paixões. Ser pai é outra. Corro todos os dias.

Em novembro de 2016 era obeso. Depois comecei a correr, eduquei a minha alimentação e tornei-me maratonista. Mais tarde, tornei-me pai. Correr é uma das minhas paixões. Ser pai é outra. Corro todos os dias.

O que não mata, engorda e transforma-te num maratonista

24
Jan22

Novo recorde pessoal


João Silva

Tinha traçado uma meta para as provas de 10 km em 2022: fazer menos de 40 minutos. Ou seja, tentar um novo recorde pessoal.

E consegui. Ontem, em Soure, na prova Soure 1111.

O percurso era favorável, praticamente não tinha desníveis, e o tempo, apesar de muito frio, também estava bom.

Dei tudo o que tinha cá dentro. Tirei da cartola os treinos específicos que já andava a fazer desde 01 de janeiro.

Screenshot_2022-01-23-11-14-13-013_com.runtastic.a

Resultou. Aos cinco quilómetros estava muito forte, levava cerca de 19 minutos e meio. Cerrei os dentes e procurei sempre chegar à frente. Nunca tirei a meta da minha frente. Sentia a cada passada que era o meu dia. 

E foi. Passada forte e equilibrada, respiração que foi necessário corrigir a dada altura porque originou algum desconforto, e muita garra. E positivismo. Experimentem que resulta.

165.png

No fim nem festejei. Não tinha força, mas depois deixei cair a ficha e soube bem. À primeira tentativa saiu recorde pessoal aos 10 km. Eu sei o quanto sofri nos treinos para aquilo, mas, sem ponta de arrogância, parti com a confiança de que tinha traçado bem o meu "destino" nas semanas anteriores. Eu trabalhei para ficar em 30.° num total de 200 corredores.

No fim, ficam boas recordações de um dia que começou com muito gelo em Soure. Esta vila simpática está a 13 km da minha vila, mas parecia que tinha entrado na Sibéria.

IMG_20220123_102842.jpg

IMG_20220123_101942.jpg

IMG_20220123_095915.jpg

IMG_20220123_094608.jpg

Deixo ainda uma excelente palavra de incentivo à organização. A prova visava ajudar um menino, o que merece sempre registo. Além disso, tinham tudo bem segmentado, não havia aglomerações. E mais, ligaram mesmo ao certificado de vacinação. O percurso também foi bem delineado, sempre com a natureza a envolver os atletas. Além disso, pasmem-se: no fim, houve direito a ofertas. Coisa rara por estes dias em provas.

Muito obrigado e espero que tenham conseguido ajudar o Francisco. Já era fã das provas deles. Fiquei mais ainda. Desta vez, com o orgulho de ter entrado numa espécie de patamar que ambicionava.

Segue a viagem das provas para Leiria, já no próximo sábado. 

19 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Redes sociais

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub