Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O que não mata, engorda e transforma-te num maratonista

Em 2016 era obeso, hoje sou maratonista (6 oficiais e quase 20 meias-maratonas). A viagem segue agora com muita dedicação, meditação, foco e crença na partilha das histórias e do conhecimeto na corrida.

Em 2016 era obeso, hoje sou maratonista (6 oficiais e quase 20 meias-maratonas). A viagem segue agora com muita dedicação, meditação, foco e crença na partilha das histórias e do conhecimeto na corrida.

O que não mata, engorda e transforma-te num maratonista

Redes sociais

Palmarés da minha vida

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Baú de corridas no blogue

Em destaque no SAPO Blogs
pub
09
Abr24

Fracasso


João Silva

Não sou obcecado pelo fracasso, mas vejo nele um enorme potencial. Também se reveem nesta afirmação?

Uma das coisas que mais me fascinam é perceber como alguém reverte algo mau em bom. Porque é possível.

É assim com tudo na vida, mas aqui vamos focar-nos na corrida.

Regra geral, não há treinos excecionais todos os dias. Bem pelo contrário. Há treinos específicos programados que correm francamente mal.

E é na fase mais negra de tudo que é preciso ganhar distanciamento para perceber o que se pode tirar dali.

Quando revemos o filme mental de um treino ou de uma situação da vida, vamos encontrar os detalhes do erro, do fracasso. Excesso de treino, falta de descanso, má respiração. Há tantos pormenores.

Portanto, sim, gosto de rever e de analisar um fracasso. 

Identificar o fracasso é o primeiro passo para se ter algum sucesso.

IMG_20210610_065240.jpg

 

1 comentário

Comentar post

Redes sociais

Palmarés da minha vida

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Baú de corridas no blogue

Em destaque no SAPO Blogs
pub