Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O que não mata, engorda e transforma-te num maratonista

De novembro de 2016 até agora, passei de 118 kg a 72 kg graças à corrida e a mudanças na alimentação. Desde então, o contador vai em 35 provas: 19x10 km, 7 trails, 7 meias maratonas e 2 maratonas.

De novembro de 2016 até agora, passei de 118 kg a 72 kg graças à corrida e a mudanças na alimentação. Desde então, o contador vai em 35 provas: 19x10 km, 7 trails, 7 meias maratonas e 2 maratonas.

O que não mata, engorda e transforma-te num maratonista

12
Jun19

Fez crescer água na boca, deu conta do recado, mas ficam alguns reparos


João Silva

IMG_20190610_083444.jpg

As minhas expetativas estavam em alta. Muito por culpa da organização.

É certo que houve alguma indecisão sobre a realização da prova, mas a coisa deu-se.

No global, a nota é claramente positiva. Têm ali uma prova que poderão usar para atrair muita gente à Figueira.

Não sei qual o número oficial de participantes, mas havia muita gente naquela prova. Com efeito, é um sinal positivo em qualquer lado.

Antes de mais, na hora de avaliar, vou deixar o comentário ao percurso para uma publicação isolada.

Foi inteligente a forma como divulgaram a prova.

Tinham um certame bem montado, com WC junto à meta, com muita animação e com uma equipa que já parecia bastante oleada para uma primeira meia maratona (sob a tutela da nova organização).

Foram muito astutos na forma como "colocaram" jovens a apoiar em zonas estratégicas e mais isoladas do percurso. Foi de uma ajuda monstra. Além disso, havia sempre música.

Em relação à partida, deixo a minha congratulação, pois tiveram a capacidade necessária para perceber que seria mais benéfico começar a meia maratona uma hora antes das outras provas, separando o trigo do joio. Muito bem mesmo.

O facto de terem levado os 10 primeiros km para a zona do porto também foi perspicaz para retirar confusão do centro da cidade. É por coisas como esta que depois se ganha o estatuto de prova ecológica e bem organizada.

Os abastecimentos estavam bem compostos e bem separados. Primeiro reparo: colocar a fruta em taças torna mais difícil o sue "levantamento" para os atletas. Sofri isso na pele, houve um assistente que teve a amabilidade de me ajudar.

Havia também chuveiros ao longo do percurso. Pena o estrago de água, mas a ideia é de louvar, porque ajudou muitos atletas. Por norma, náo gosto de passar nessas zonas, portanto, não me foi útil. Ainda assim, numa era tão má para o ambiente, é necessário pensar numa alternativa: esponjas húmidas, por exemplo?

À chegada, havia muita animação com uma escola de samba (se não estou em erro, era uma escola), não deixando ninguém ficar indiferente. 

Criaram as condições necessárias para que nos sentíssemos bem.

De que não gostei? Confesso que esperava uma medalha diferente. Não pelo design mas pela qualidade do material. No meu entender, fica a desejar. Além disso, sendo numa cidade com uma identidade tão própria, poderiam ter-nos presenteado com um "miminho" bom. Em troca, deram apenas o "mínimo": uma maçã e uma água.

Resumindo: muita inteligência na comunicação e na organização, pelo que recebem nota claramente positiva. Para nota máxima, fica a faltar limar algumas arestas.

IMG_20190610_085141.jpg

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Alimentação

Separador destinado aos posts de alimentação e a todo o processo de emagrecimento e de reeducação alimentar que me fez baixar de 118 kg par 74 kg desde novembro de 2016.

Links

Redes sociais

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D