Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O que não mata, engorda e transforma-te num maratonista

De novembro de 2016 até agora, passei de 118 kg a 66 kg graças à corrida e à reeducação alimentar. Desde então, o contador vai em 40 provas: 20 x 10 km, 7 trails, 10 meias maratonas e 3 maratonas.

De novembro de 2016 até agora, passei de 118 kg a 66 kg graças à corrida e à reeducação alimentar. Desde então, o contador vai em 40 provas: 20 x 10 km, 7 trails, 10 meias maratonas e 3 maratonas.

O que não mata, engorda e transforma-te num maratonista

19
Set20

Duro, durão ou durinho?


João Silva

Esta sugestão de treino só vos toma perto de 3 minutos a ver.

Até aqui tudo bem, porque é muito pouco tempo.

No entanto, a sua execução já é outra questão.

Sendo honesto, ainda não os fiz todos, nem nada que se pareça.

No entanto, sobretudo os de reforço muscular dos braços e algumas pranchas já foram experimentados e integrados cá em casa.

Posso garantir-vos, embora nem se note tal coisa no "exemplificador" do vídeo, que ficamos a suar em bica.

O meu desafio é o seguinte: quem é capaz de fazer esta sequência toda?

E se a fizerem, em quanto tempo?

Não me interessa o tempo de execução, até aconselho que tudo seja feito com calma. Na verdade, importa-me perceber a ação de tudo isto na máquina, ou seja, na potenciação de queima de gordura. Sim, porque sendo exercícios de cárdio, haverá estimulação intensa do corpo e, como se sabe, isso significa que a gordura mais superfícial (não a abdominal visceral) será mais afetada. 

Portanto, para quem fizer isto: duro, durão ou durinho?

10 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Redes sociais

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D