Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O que não mata, engorda e transforma-te num maratonista

Em 2016 era obeso, hoje sou maratonista (6 oficiais e quase 20 meias-maratonas). A viagem segue agora com muita dedicação, meditação, foco e crença na partilha das histórias e do conhecimeto na corrida.

Em 2016 era obeso, hoje sou maratonista (6 oficiais e quase 20 meias-maratonas). A viagem segue agora com muita dedicação, meditação, foco e crença na partilha das histórias e do conhecimeto na corrida.

O que não mata, engorda e transforma-te num maratonista

Redes sociais

Palmarés da minha vida

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Baú de corridas no blogue

Em destaque no SAPO Blogs
pub
03
Nov23

Mudar a passada no dia-a-dia


João Silva

Mudar a passada e a colocação dos pés e das pernas na corrida é algo que demora.

Ainda assim, existe uma forma de ir trabalhando isso no quotidiano.

A ideia é fazer pequenas coisas de forma consciente até que se tornem comportamentos inconscientes. Nao é preciso muito e isso vai mudar a vossa passada.

IMG_20211126_073134.jpg

 

Exemplos práticos:

Andar em bicos de pés,

Andar com os calcanhares, deixando a ponta dos pés levantada,

Colocar o pé alinhado com o joelho ao subir escadas,

Subir escadas com a ponta do pé,

Descer escadas com a ponta do pé, contrair os abdominais e manter o joelho alinhado com os pés,

Tentar chegar à parte de cima do armário com a ponta dos pés (comprimir os glúteos e os abdominais),

Andar de costas alguns metros (fazê-lo com a ponta dos pés).

Estes são alguns dos exemplos práticos que podem mudar a vossa forma de correr.

Redes sociais

Palmarés da minha vida

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Baú de corridas no blogue

Em destaque no SAPO Blogs
pub