Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O que não mata, engorda e transforma-te num maratonista

Em 2016 era obeso, hoje sou maratonista (6 oficiais e quase 20 meias-maratonas). A viagem segue agora com muita dedicação, meditação, foco e crença na partilha das histórias e do conhecimeto na corrida.

Em 2016 era obeso, hoje sou maratonista (6 oficiais e quase 20 meias-maratonas). A viagem segue agora com muita dedicação, meditação, foco e crença na partilha das histórias e do conhecimeto na corrida.

O que não mata, engorda e transforma-te num maratonista

Redes sociais

Palmarés da minha vida

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Baú de corridas no blogue

Em destaque no SAPO Blogs
pub
31
Ago23

Sabiam que...


João Silva

... a geração de stress é uma forma de progressão na corrida?

Sim! Correr é sinónimo de stress...mas a nível articular e muscular. Neste caso, o stress é muito benéfico para permitir que o corpo se adapte e cresça na corrida.

IMG_20210424_083743.jpg

 

O stress desenvolve. Bem sei que pode ser polémico afirmar isto, mas esta atividade física mexe muito com o corpo.

Qual é o ponto negativo nisto?

É quando o stress gerado é de tal forma intenso e permanente ao ponto de provocar a libertação de muitos radicais livres, a oxidação das células e, consequentemente, a sua destruição.

Por isso é que é tão importante alongar e dar descanso na dose certa ao corpo.

Equilíbrio é, portanto, a palavra de ordem.

Redes sociais

Palmarés da minha vida

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Baú de corridas no blogue

Em destaque no SAPO Blogs
pub