Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O que não mata, engorda e transforma-te num maratonista

Em 2016 era obeso, hoje sou maratonista (6 oficiais e quase 20 meias-maratonas). A viagem segue agora com muita dedicação, meditação, foco e crença na partilha das histórias e do conhecimeto na corrida.

Em 2016 era obeso, hoje sou maratonista (6 oficiais e quase 20 meias-maratonas). A viagem segue agora com muita dedicação, meditação, foco e crença na partilha das histórias e do conhecimeto na corrida.

O que não mata, engorda e transforma-te num maratonista

Redes sociais

Palmarés da minha vida

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Baú de corridas no blogue

Em destaque no SAPO Blogs
pub
22
Ago23

O que dizem os teus pulsos?!


João Silva

Uma máxima que parece ridícula 

Tropecei numa informação bastante curiosa de um vídeo do professor Ingo Froböse.

A dada altura, dá um conselho aos corredores/atletas de endurance para que evitem o excesso de treino.

Aqui mesmo:

 

Se algum dia acordarem e a vossa pulsação (medida no pulso) estiver duas a três vezes acima do normal, deixem-se ficar a dormir, porque é sinal de que o vosso corpo não está recuperado nem pronto para mais uma carga.

Aquilo deixou-me perplexo. No entanto, a dada altura comecei a reparar nisso no meu corpo. E não é que ele tinha razão? Quando se acorda sobressaltado para mais um treino, não é bom sinal. Até porque, quando estou devidamente pronto para treinar, costumo acordar bem e antes do despertador.

Apesar de o senhor ter razão, o mal é pôr isso em prática. Como sempre

Redes sociais

Palmarés da minha vida

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Baú de corridas no blogue

Em destaque no SAPO Blogs
pub