Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O que não mata, engorda e transforma-te num maratonista

Em novembro de 2016 era obeso. Depois comecei a correr, eduquei a minha alimentação e tornei-me maratonista. Mais tarde, tornei-me pai. Correr é uma das minhas paixões. Ser pai é outra. Corro todos os dias.

Em novembro de 2016 era obeso. Depois comecei a correr, eduquei a minha alimentação e tornei-me maratonista. Mais tarde, tornei-me pai. Correr é uma das minhas paixões. Ser pai é outra. Corro todos os dias.

O que não mata, engorda e transforma-te num maratonista

04
Abr21

Já la vão 2


João Silva

4 de abril de 2019: o primeiro de muitos posts neste espaço.

Sem saber, criei um ninho que me permitiu deixar para trás as redes sociais, sem que, para tal, tivesse sido necessário perder voz. 

É certo que aqui falo essencialmente sobre desporto, em particular, sobre o que pratico, mas tenho opiniões vincadas sobre muitos mais assuntos. Além disso, tendo sido pai há pouco menos de um ano e cuidando do meu filho diariamente, também trago para este espaço algumas opiniões, visões e aventuras vistas no prisma masculino da parentalidade. 

A minha vontade inicial era mesmo ter um espaço para teorizar sobre desporto, porque, ao fazê-lo, podia transmitir a minha paixão e, quem sabe, talvez ajudar outras pessoas a acreditar na ideia de que é possível perder peso sem cair em "desgraças"e, acima de tudo, nunca é tarde para nada. Aos 28 anos pesava 118 kg. Hoje, com quase 33, mantenho-me nos 70. Tudo graças à corrida e à reeducação alimentar, outro tema que abordo muito neste espaço. 

Não deixando de ser cliché, não fazia ideia de que pudesse haver pessoas a consultar este espaço. E por isso agradeço a todos os que aqui vêm. Ainda hoje me surpreendo quando algumas pessoas me dizem seguem este espaço ou me chamam a atenção para algum pormenor que possa ter falhado com vídeos e afins.

Só posso agradecer por terem cá vindo nestes dois anos e só posso garantir que tentarei continuar a trazer mais assuntos interessantes e, acima de tudo, as minhas visões das coisas. 

Como até aqui perante quem me colocou perguntas sobre formas de treino ou mesmo sobre alimentação, estarei sempre disponível. Posso não responder logo, mas tratarei de vos dar sempre "bola".

Um bem haja e muito obrigado pelas consultas.

IMG_20161008_093305.jpg

IMG_20190602_094932.jpg

Tendo em conta o dia, aproveito para desejar a todos uma boa Páscoa e bons momentos com os mais próximos, sem loucuras que ponham em risco a sua saúde. 

03
Abr21

Um gostinho especial


João Silva

Hoje regressamos a um belo assunto para mim: cozinha e receitas.

Esta é muito simples e já a experimentámos algumas vezes cá em casa.

É fácil de fazer, embora demore um pouco no forno. Se nos distrairmos, come-se tudo num instante.

received_138717014592106.jpeg

Falo-vos de pãozinho caseiro com azeitonas.

Aqui fica a receita:

10 gramas de fermento de padeiro diluídos em 950 ml de água morna (se optarem por farinha integral, devem colocar mais água, talvez a rondar os 300 ml a mais). Juntar-se uma colher de sopa de sal, mexe-se tudo e adiciona-se a 1 kg de farinha.

À parte, tritura-se a quantidade pretendida de azeitonas sem caroço (uso das verdes) e envolve-se bem na massa.

Vai levedar ao frigorífico durante, pelo menos, 5 horas (costumo deixar uma noite ou mais).

Num tabuleiro, colocam-se colheres de servir da massa (pus 1), bem espaçadas.

Leva-se ao forno preaquecido a 220 graus (depende dos fornos e coloco na penúltima prateleira) e, ao fim de 20 minutos (tempo médio), tiram-se os pães. Após um ligeiro repouso, atacamos os pães com muita vontade.

Se experimentarem, avisem. 

Espero que gostem tanto quanto nós cá em casa. 

01
Abr21

Um ano sem parar


João Silva

Esse é uma espécie de sonho que alimento: correr todos os dias do ano. Por agora, fiquei perto disso no ano passado, onde, apesar da paragem do confinamento obrigatório, consegui correr muitos dias e quilómetros. 

Por agora, levo um "balanço" bem jeitoso desde o dia 22 de setembro de 2020. Não parei um único dia. 

Já sem ser sobre a minha pessoa, deixo-vos aqui um testemunho de alguém que efetivamente conseguiu concretizar este meu desejo.

Perceber o efeito de uma carga do género no corpo é incrível. Nesse domínio, tenho conhecimento próprio.

Digam lá de vossa justiça:

 

 

 

 

Pág. 2/2

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Redes sociais

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub