Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O que não mata, engorda e transforma-te num maratonista

Em 2016 era obeso, hoje sou maratonista (6 oficiais e quase 20 meias-maratonas). A viagem segue agora com muita dedicação, meditação, foco e crença na partilha das histórias e do conhecimeto na corrida.

Em 2016 era obeso, hoje sou maratonista (6 oficiais e quase 20 meias-maratonas). A viagem segue agora com muita dedicação, meditação, foco e crença na partilha das histórias e do conhecimeto na corrida.

O que não mata, engorda e transforma-te num maratonista

Redes sociais

Palmarés da minha vida

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Baú de corridas no blogue

Em destaque no SAPO Blogs
pub
19
Out20

Uma entrada de sonho


João Silva

Sim, falo de comida.
De uma entradinha bem quentinha para aquecer o coração e muito ligeira para não sobrecarregar na dose do prato principal.
É mesmo muito simples e penso que a inspiração veio de uma receita da Filipa Gomes.
Basicamente, compram uma beringela, cortam-na previamente em rodelas grossas, colocam sal num dos lados de cada rodela, tudo isto, sobre papel de cozinha. Daí a um bom bocado, viram as rodelas e fazem o mesmo do outro lado.
Mais uns minutos (mais de 10) volvidos e toca a cortar rodelas de tomate e de queijo de cabra em rolo na mesma quantidade da beringela.
Começam a empilhar da seguinte forma: rodela de beringela, rodela de tomate e depois de queijo. Retomam uma rodela de beringela por cima, repetem o tomate e o queijo. Usa-se um ramo de alecrim para atravessar a pilha até à extremidade, leva-se ao forno durante 30 minutos a 18 graus e voilà, uma entrada de fazer crescer água na boca.

IMG_20200801_125712.jpg

 

Redes sociais

Palmarés da minha vida

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Baú de corridas no blogue

Em destaque no SAPO Blogs
pub