Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O que não mata, engorda e transforma-te num maratonista

Em 2016 era obeso, hoje sou maratonista (6 oficiais e quase 20 meias-maratonas). A viagem segue agora com muita dedicação, meditação, foco e crença na partilha das histórias e do conhecimeto na corrida.

Em 2016 era obeso, hoje sou maratonista (6 oficiais e quase 20 meias-maratonas). A viagem segue agora com muita dedicação, meditação, foco e crença na partilha das histórias e do conhecimeto na corrida.

O que não mata, engorda e transforma-te num maratonista

Redes sociais

Palmarés da minha vida

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Baú de corridas no blogue

Em destaque no SAPO Blogs
pub
05
Jul20

Análise ao 2.° período de aplicação do conceito de higiene


João Silva

Tal como o primeiro período, este foi marcado pela indisciplina, sobretudo, ao nível da duração e de alguns desvios no percurso.
Passei várias vezes a barreira das 1h30, tendo mesmo chegado às 2h00.
Além de problemas de outra índole que me pôde/pode trazer, a parte física reseentiu-se muito e neste segundo momento de regresso à estrada a perda de forma foi ainda mais notória. No arranque desta fase, já nem sequer conseguia manter um ritmo constantemente alto, quanto mais dar estico es no desempenho.
Foi, portanto, do ponto de vista de disciplina e de confiança depositada no meu conceito, um projeto falhado. Claramente um chumbo bem redondo, onde se safou apenas o facto de ter continuado a evitar contacto próximo com pessoas e de não ter parado a desinfeção sempre que regressava a casa.
Alguma coisa que se salvasse, portanto.
O outro ponto, talvez controverso, que considero positivo é a percepção de que consigo organizar melhor todo o meu dia se fizer o meu treino seguido na estrada. Esta "tarefa" fica logo despachada e depois há todo o resto para me ocupar o dia. Este lado organizativo e mental acaba por se sobrepor a tudo o resto, porque me liberta para outras coisas mais importantes.
E é com base nessa compreensão que vou avançar para mis um período de desconfinamento, desta feita, passarei a correr 4 vezes por semana em vez das atuais 3.
O percurso também vai ser alterado. Ou melhor, vou adicionar outro e passo a contar com dois para não estar sempre no mesmo sítio.
A avaliação final e eventual passagem à fase seguinte será feita dentro de duas semanas.

Screenshot_20200604_163708_com.geonaute.geonaute.j

 

Redes sociais

Palmarés da minha vida

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Baú de corridas no blogue

Em destaque no SAPO Blogs
pub