Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O que não mata, engorda e transforma-te num maratonista

Em 2016 era obeso, hoje sou maratonista (6 oficiais e quase 20 meias-maratonas). A viagem segue agora com muita dedicação, meditação, foco e crença na partilha das histórias e do conhecimeto na corrida.

Em 2016 era obeso, hoje sou maratonista (6 oficiais e quase 20 meias-maratonas). A viagem segue agora com muita dedicação, meditação, foco e crença na partilha das histórias e do conhecimeto na corrida.

O que não mata, engorda e transforma-te num maratonista

Redes sociais

Palmarés da minha vida

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Baú de corridas no blogue

Em destaque no SAPO Blogs
pub
19
Dez19

Assim corri as provas de 10 km em 2019


João Silva

Tal como tinha definido em 2018, em 2019 passei a correr em menos provas de 10 km, não por não gostar, mas por ter percebido que o meu foco está nas meias e nas maratonas.

Portanto, além de economizar energias para treinos técnicos, ainda poupei uns euros para provas mais importantes. Tudo é gestão.

Nesta espécie de balanço em provas no ano de 2019,  arranco com a análise às provas de 10 km. 

Não deixa de ser curioso que, apesar de não ter sabido fazer as coisas adequadamente, os resultados revelam precisamente um decréscimo de forma.

Assim:

CORRIDA 4 ESTAÇÕES EM COIMBRA - MARÇO 2019

Numa fase em que estava a tentar perceber o que me tinha acontecido depois da maratona de novembro e em que tentava alinhar o corpo para a maratona de abril, quis fazer uma prova sem ser a "contar", num regime de gestão. Dei-me mal, primeiro, porque não sabia fazer isso, depois por não ter gerido bem a prova. Acabei a arfar com o meu pior tempo de sempre nesta prova: 47'23''.

FB_IMG_1552001003746.jpg

CORRIDA 4 ESTAÇÕES EM CONDEIXA - MAIO 2019

Na ressaca da maratona em Aveiro, tentei fazer um brilharete num percurso que dominava por inteiro, já que é o palco principal dos meus treinos. O percurso não enfrentava dificuldades de maior, mas fisicamente não estava bem e precisava de me encontrar. Acabei a achar que tinha sido excelente, mas o relógio desmentiu-me: 46'48''.

FB_IMG_1557835096148.jpg

CORRIDA 4 ESTAÇÕES EM SOURE - JUNHO 2019

Mais uma prova de má memória, embora aqui deva ressalvar que é o trajeto mais complexo do circuito. Tenho ideia de ter achado que ia bem, mas na segunda volta percebi que o corpo não estava bem. Foi o início das mudanças em termos de treinos técnicos. Serviu de lição e mais uma "medalha" de piores tempos: 47'25''. Psicologicamente deixou algumas marcas.

Photo 02-06-2019, 15 51 56.jpg

CORRIDA 4 ESTAÇÕES NA VENDA DA LUÍSA - NOVEMBRO 2019

Este ano, esta prova contou com um percurso diferente e com 12 km em vez dos habituais 10, mas, ainda assim, pela sua natureza, decidi incluí-la neste campo de análise. O trajeto era mais do que meu conhecido, tantas foram as vezes que por lá passei no segundo semestre nos diferentes sentidos. Foi uma prova fantástica que superou em larga escala todas as minhas expectativas, tendo feito uns excelentes 50 minutos. Uma prova que voltou a mostrar o quão possível é quando acreditamos em nós e quando temos alguém ao nosso lado que nos vê melhor do que nós próprios. 

 

Redes sociais

Palmarés da minha vida

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Baú de corridas no blogue

Em destaque no SAPO Blogs
pub