Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O que não mata, engorda e transforma-te num maratonista

Em 2016 era obeso, hoje sou maratonista (6 oficiais e quase 20 meias-maratonas). A viagem segue agora com muita dedicação, meditação, foco e crença na partilha das histórias e do conhecimeto na corrida.

Em 2016 era obeso, hoje sou maratonista (6 oficiais e quase 20 meias-maratonas). A viagem segue agora com muita dedicação, meditação, foco e crença na partilha das histórias e do conhecimeto na corrida.

O que não mata, engorda e transforma-te num maratonista

Redes sociais

Palmarés da minha vida

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Baú de corridas no blogue

Em destaque no SAPO Blogs
pub
03
Set19

Julho, o mês da retoma


João Silva

A sequência de fotos que vão ver de seguida não serve o propósito da gabarolice. Pelo contrário, é mais uma forma de mostrar que os resultados demoraram a aparecer mas que não ficaram esquecidos.

Do ponto de vista da relação performance - empenho - disciplina - resultados, o mês de julho foi um sonho para mim. "Atirou-me" à cara que o caminho estava certo. Aqui em jeito de confidência, esse acaba por ser sempre o problema: plantamos agora para colhermos dentro de um ou dois meses e só aí percebemos se o método de cultivo foi ou não o adequado.

Finda a nota prévia explicativa, deixo-vos aqueles treinos que mais me marcaram no referido mês e que, no meu entender, já apresentam um nível muito bom.

Fartlkes Ega 25.07.19.jpgTreino de fartleks Watson

Screenshot_20190716_091812_com.runtastic.android.j Treino de rampas

Screenshot_20190718_084323_com.runtastic.android.jTreino de fartleks

Screenshot_20190719_092535_com.runtastic.android.jTreino "normal"

Screenshot_20190722_094932_com.runtastic.android.jTreino "normal"

Séries - 16 x 400 m, 23.07.jpg Treino de séries

Time trial de 18 km a 14.07.jpgTreino de time-trial

Estes foram alguns dos exemplos. De cada vez que olhava para o relógio, parecia um garoto.

Não é por o jogo ter virado que mudo de discurso: os resultados não são o mais importante e os treinos são mais importantes do que as provas, mas, caramba, depois de tanto tempo abaixo do nível onde já tinha estado (daí saber que conseguia chegar lá), soube tão bem, mas mesmo muito bem. Assim um impulso de autoestima e de confirmação do rumo escolhido.

E vocês? Também vos sabe bem quando começam a ter indícios e elementos "palpáveis" que vo indicam que estão no rumo certo (quer seja no desporto ou noutra coisa)?

Redes sociais

Palmarés da minha vida

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Baú de corridas no blogue

Em destaque no SAPO Blogs
pub