Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O que não mata, engorda e transforma-te num maratonista

Em 2016 era obeso, hoje sou maratonista (6 oficiais e quase 20 meias-maratonas). A viagem segue agora com muita dedicação, meditação, foco e crença na partilha das histórias e do conhecimeto na corrida.

Em 2016 era obeso, hoje sou maratonista (6 oficiais e quase 20 meias-maratonas). A viagem segue agora com muita dedicação, meditação, foco e crença na partilha das histórias e do conhecimeto na corrida.

O que não mata, engorda e transforma-te num maratonista

Redes sociais

Palmarés da minha vida

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Baú de corridas no blogue

Em destaque no SAPO Blogs
pub
17
Jun19

E como explicar o inexplicável?


João Silva

IMG_20190525_075553.jpg

Quando me perguntam o que fiz para mudar a minha vida e perder peso, tenho sempre dificuldade em explicar a cem por cento o processo.

Procuro dizer que não há um milagre e que não é instantâneo e que não é preciso cortar com nenhum alimento, porque o mal está na quantidade e não na tipologia. Além disso, a todos estes chavões faço questão de acrescentar o desporto.

No entanto, é sempre ingrato. Não o consigo dizer de outra forma: porquê? Porque é impossível de descrever ao pormenor o quão autodidata fui e sou para perceber como deveria mudar a alimentação, porque é impossível expor o meu volume global de treino e o que quero dizer com "reforço muscular" ou com "ioga".

No fundo, tudo isto dá para quantificar é certo, mas só quando se observa uma pessoa assim no seu "habitat" é que se consegue ter perceção do que é realmente preciso para perder peso, ganhar massa muscular e estar em forma. Separadamente, são sempre coisas distintas.

Por último, posso sempre sugerir uma técnica ou outra, posso dar dicas sobre como a pessoa se deve comportar, mas nunca conseguirei transmitir aquele ingrediente chave no processo: a força de vontade. Trata-se do combustível ideal e mais importante para materializar todo o processo. A pessoa em causa pode seguir as sugestões com afinco, todavia, se ao primeiro obstáculo (e surgem muitos), não tiver capacidade para aguentar o golpe e continuar, dificilmente chegará aos resultados que pocura.

Conheço muito poucas pessoas com esse ingrediente mágico. É um bem raro numa sociedade cada vez mais "normalizada" e "à espera de milagres".

IMG_20190519_090412.jpg

IMG_20190519_105216_765.jpg

 

Redes sociais

Palmarés da minha vida

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Baú de corridas no blogue

Em destaque no SAPO Blogs
pub