Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O que não mata, engorda e transforma-te num maratonista

Em 2016 era obeso, hoje sou maratonista (6 oficiais e quase 20 meias-maratonas). A viagem segue agora com muita dedicação, meditação, foco e crença na partilha das histórias e do conhecimeto na corrida.

Em 2016 era obeso, hoje sou maratonista (6 oficiais e quase 20 meias-maratonas). A viagem segue agora com muita dedicação, meditação, foco e crença na partilha das histórias e do conhecimeto na corrida.

O que não mata, engorda e transforma-te num maratonista

Redes sociais

Palmarés da minha vida

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Baú de corridas no blogue

Em destaque no SAPO Blogs
pub
15
Mai19

Corpo descansado, é tempo de lançar mãos à obra


João Silva

Como disse na semana passada, tirei um tempo para me refazer e para recuperar o corpo.

Foi um bom período e também é bom poder diversificar um pouco as modalidades e as atividades físicas.

Senti o corpo mais solto e deixei-o estar. Umas dores musculares aqui, outras acolá. Nada que não soubesse já pela experiência do passado.

No dia seguinte à maratona de Aveiro, descansei, nos dois dias seguintes, fiz caminhadas de média intensidade e reforço muscular, juntamente com ioga. No domingo, folguei, mas na sexta e no sábado fiz bicicleta estática e reforço muscular de intensidade média.

No próximo sábado, 11 de maio, terei uma prova de 10 km aqui em Condeixa. São as 4 estções da primavera. Não gosto de ir a provas porque sim, gosto de fazer sempre o meu melhor. Contudo, acho que aprendi bem a lição.

Como se diz na gíria, vou rolar. Vou ver o estado em que me encontro. Será a maior distância que corro depois da maratona do dia 28. E, para ser sincero, só hoje, dia 7, comecei a correr. Devagarinho, para não "ressuscitar" lesões adormecidas.

O que passou a determinar as minhas preparações foi o agendamento das maratonas. Será sempre em função delas que prepararei os meus treinos e os meus planos.

Devagar, devagarinho, para não (voltar) a cair no caminho...

Dos que foram a Aveiro, quem já acelerou a fundo por essas estradas fora?

IMG_20190421_173635_945.jpg

 

Redes sociais

Palmarés da minha vida

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Baú de corridas no blogue

Em destaque no SAPO Blogs
pub